Dann Luciano

A lifelong student of the art of programming computers!

Amor Pelo Que Se Faz

| Comments

Hoje pela manha li um artigo [1] muito intrigante e que fez minha cabeça ferver de pensamentos. O nome do artigo se chama “Americano ganha a vida como apontador de lápis profissional” e descreve um americano que é especialista em apontar lápis[2]. David Rees chega a cobrar US$ 40 e pode levar até 45 minutos por lápis apontado e já escreveu dois livros sobre o assunto [3].

Como pode uma pessoa ganhar a vida apontando lápis? Quem são os “fúteis” que financiam uma ideia dessa?

Uma das coisas que mais sou apaixonado pelos americanos é exatamente esse lado fútil deles. É simplesmente magico ver que uma pessoa extremamente apaixonada pelo que faz consegue ganhar a vida mesmo com uma tarefa que na minha opinião é tão simples e banal. Por mais que uma lapiseira não aponte um lápis da melhor forma possível, ela ainda sim o aponta. Com o valor cobrado para apontar um lápis daria para comprar vários outros lápis.

Mesmo assim os americanos possuem essa sensibilidade de enxergar esse amor e simplesmente compram esse trabalho que mais se parece com uma obra de arte. Como eu gostaria que nós brasileiros tivéssemos um pouquinho só dessa sensibilidade.

  1. Americano ganha vida como apontador de lápis profissional
  2. Artisanal Pencil Sharpening
  3. How Sharpen Pencils Theoretical Contractors

Comments